BAHIADESTAQUENOTÍCIAPOLÍTICA

ACM Neto se opõe a possível candidatura de Moro à Presidência pelo União Brasil

Liderado por Neto, um grupo de dirigentes do partido assinou uma carta contestando qualquer possibilidade do ex-juiz tentar se viabilizar como pré-candidato à Presidência

O secretário-geral do União Brasil, ACM Neto, se opôs a possível candidatura do ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, à Presidência pelo seu partido.

De acordo com o Valor Econômico, o pré-candidato ao governo da Bahia ficou incomodado com declarações do vice-presidente do União em São Paulo, o deputado Junior Bozzella, que não deixou claro que o ex-juiz retiraria sua pré-candidatura à Presidência da República. Neto quer que Moro se candidate a deputado federal por São Paulo.

No ato de filiação em São Paulo, porém, Bozella disse que Moro não tem garantia de “absolutamente nada” ao se filiar, mas deixou em aberto a possibilidade de ele ainda concorrer à Presidência. “Vamos definir lá na frente, no prazo das convenções, para escolher o candidato a presidente”, afirmou.

Liderado por ACM Neto, um grupo de dirigentes do partido que era do DEM assinou uma carta nesta quarta-feira (31) contestando qualquer possibilidade do ex-juiz Sergio Moro de tentar se viabilizar como pré-candidato à Presidência pela legenda. A carta foi preparada minutos antes de Moro anunciar publicamente que abre mão de disputa pelo Planalto.

Por bahia.ba / Foto: Ascom-ACM Neto

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo