BAHIADESTAQUEPOLÍTICA

Em meio a racha de adversários, Bruno diz que Neto está pronto para vencer qualquer candidato

Prefeito de Salvador prevê ainda ‘muitas mudanças’ durante a abertura da janela partidária, que se encerra no dia 2 de abril

Em meio ao racha entre os adversários, após o senador Jaques Wagner (PT) anunciar a desistência de concorrer ao governo da Bahia, o prefeito Bruno Reis (UB) disse que seu grupo está focado em sua própria plataforma e afirmou que ACM Neto (UB) está pronto para vencer qualquer candidato na disputa pelo Palácio de Ondina.

“O que eu posso assegurar a vocês é que nós estamos preocupados com o nosso trabalho, com o trabalho de nosso grupo. [Estamos] organizando os partidos que compõem a nossa aliança, preparando um programa de governo consistente. E, pode ter certeza, ACM Neto está pronto e preparado para primeiro vencer seja quem venha ser o candidato e depois transformar a Bahia como transformou Salvador”, declarou o gestor municipal nesta quarta-feira (2), durante entrega de casas reformadas pelo programa Morar Melhor, no bairro da Baixa de Quintas, em Salvador.

Ao comentar a abertura da janela partidária para a composição de sua base, Bruno afirmou que o período de um mês para o prazo final será de “conversas” e “definições”. “Todos os candidatos a deputado estadual e a deputado federal, a senador, a vice-governador vão se posicionar partidariamente. Então, até 2 de abril teremos muitas mudanças e espero ter surpresas boas”, declarou o prefeito de Salvador.

Ainda em contato com a imprensa, o gestor evitou comentar sobre as mudanças na Chapa do PT. Para ele, o cenário ainda não é “claro o suficiente”.

“Só se comenta política com base em fatos concretos. Em relação a disputa, depois, quando todos os nomes estiverem definidos efetivamente, as candidaturas se confirmarem, aí fica mais fácil para os especialistas darem o prognóstico. A gente não sabe quais serão os candidatos, a gente não sabe se essas candidaturas irão se confirmar. A partir de agosto a gente terá um cenário mais definido. Aqueles que quiserem correr o risco de opinar, eu não quero, poderão dar um diagnóstico com uma precisão maior”, disse o prefeito.

Por bahia.ba/Eduardo Dias / Jamile Amine / Mattheus Miranda
Foto: Valter Pontes/Secom/Salvador

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo