BRASILMUNDO

Governo britânico diz que Bolsonaro e Boris Johnson concordam em pedir cessar-fogo na Ucrânia

Os dois conversaram por telefone

O governo britânico informou nesta quinta-feira (3) que o presidente Jair Bolsonaro conversou por telefone com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, sobre a invasão da Ucrânia pela Rússia. De acordo com o material divulgado, Bolsonaro e Johnson concordaram em pedir um cessar-fogo urgente na Ucrânia e disseram que a paz deve prevalecer na região.

Ainda de acordo com o material divulgado pelo governo do Reino Unido, Boris Johnson afirmou no telefonema que as ações do governo de Vladimir Putin na invasão da Ucrânia foram “repugnantes”; que o mundo não pode permitir o êxito das agressões promovidas pela Rússia; falou ainda que o Brasil foi um “aliado vital” na Segunda Guerra Mundial – e que, novamente, a voz do país se mostra crucial para a solução da crise.

O governo afirmou ainda que Boris Johnson e Jair Bolsonaro concordaram sobre a importância de pedir o fim da violência e garantir a estabilidade global.

Nesta quarta-feira (2), o Brasil foi um dos 141 países a votar na sessão extraordinária da Assembleia-Geral das Nações Unidas para condenar a invasão russa na Ucrânia.

Por bahia.ba/Leilane Teixeira / Foto: Alan Santos/PR

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo