Aviso no Topo do Site

Um homem de 33 anos foi preso após descumprir medida protetiva que impede que ele se aproxime da própria mãe. Elismar Franco Costa, conhecido como “Bau”, foi preso na manhã desta segunda-feira (13), no povoado do Julião, por volta das 07h.

O mandado foi cumprido pela Polícia Civil da Bahia, através da Delegacia Territorial de Malhada, com apoio dos Investigadores da 22ª Coordenadoria de Polícia do Interior Guanambi (Coorpin), pela prática do crime de descumprimento de medida protetiva (art. 24-A, da lei 11340/06).

De acordo com o delegado Zanderlan Fernandes, entre 2019 a e 2020, foram deferidas duas medidas protetivas contra Bau por violência doméstica e familiar praticado contra a sua própria mãe.

Ainda de acordo com o substituto de Malhada, a segunda medida protetiva deferida, o Bau em completo desrespeito às instituições públicas, chegou a rasgar a cópia do mandado na presença do Oficial de Justiça. Como se não bastasse, voltou a frequentar a casa da vítima, descumprindo assim a referida medida protetiva.

Portanto, esgotadas as alternativas à prisão e devido o risco à integridade física e psíquica da vítima, a prisão preventiva de Bau era a medida mais adequada ao caso.

O preso encontra-se recolhido na carceragem da Delegacia Territorial de Carinhanha à disposição do Poder Judiciário para as providências de praxe.

Em dezembro de 2020, Bau foi esfaqueado durante discussão no povoado do Julião.Ele ficou internado em estado grave no Hospital Geral de Guanambi (HGG).

Velho conhecido da polícia, Bau é acusado de assassinar José Batista da Silva (Nego de Zé do Rancho) em 2012. A motivação do crime teria sido vingança.

Fonte: Folha do Vale / EDIÇÃO: JOÃO MIGUEL
Foto: João Miguel

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPE