Aviso no Topo do Site

Lulista é agredido por bolsonarista durante discussão em Rio do Pires

A discussão aconteceu dentro da prefeitura. De acordo a vítima, Manoel Neto dos Santos, 64 anos, o desentendimento começou por conflitos de ideologias partidárias.

Nesta última quinta-feira (13), um servidor público municipal foi atacado por um colega dentro da secretaria de saúde após uma discussão sobre política. O idoso ficou bastante ferido e o fato, felizmente o ocorrido não culminou em uma tragédia porque colegas afastaram o agressor.

A vítima relatou que o colega se alterou durante uma discussão sobre Jair Bolsonaro (Sem Partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Entramos em uma discussão sobre Bolsonaro e Lula. Conversa vai, conversa vem eu citei uma palavra que ele não gostou. Ele chamou Lula de ladrão e eu falei que isso já está no sangue do político. Quando eu falei isso ele se alterou”, afirmou.

Seu Manoel disse que chegou a pedir desculpas quando viu que o colega ficou muito nervoso, mas o mesmo não se conteve. “Quando eu tentei sair, ele me pegou pela gola da camisa e me deu vários golpes: chutes, pontapés. Não sei por que razão. Até agora não conseguir entender”, acrescentou.

O servidor já realizou corpo de delito e irá registrar um Boletim de Ocorrência na delegacia local. “Irei ingressar na justiça também. Quero que ele pague. Tem que doer no bolso. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer porque sou uma pessoa de bem. Foi uma violência do nada”, declarou.

O agressor foi afastado pelo prefeito Gilvanio Antônio dos Santos (PP), o Vânio de Gildásio, que também abriu processo administrativo disciplinar para apurar o caso. Consta que o servidor possui histórico de outras atitudes desse tipo na cidade.

Fonte: Folha do Vale / EDIÇÃO: TARCÍSIO ARCANJO / Foto: Reprodução WhatsApp

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPE